Na hora de pensar em seus investimentos, comprar imóveis para alugar pode ser uma boa escolha.

O investimento em imóveis é um dos mais tradicionais no Brasil. E com as recentes quedas dos juros, investir em imóveis para alugar pode ser uma opção mais rentável que aplicações em renda fixa, por exemplo. Em comparação com o dinheiro na poupança então, nem se fala.

 

 

       O que considerar ao investir em imóveis para aluguel?

 

Outro ponto-chave é a qualidade do imóvel e do edifício (se a escolha for por apartamento). Em edifícios mais novos, a necessidade de reparos tende a ser menor, mas o custo do imóvel geralmente também é mais elevado. Por outro lado, imóveis antigos costumam ter peças maiores e preços menores, mas podem precisar de algum reparo.

 

Com relação ao tamanho, é importante pensar no perfil de inquilino que você tem em mente. Assim, imóveis maiores são ideais para famílias grandes. Outros menores podem ser ótimos para quem mora sozinho, casais ou estudantes, por exemplo. Nesse sentido, os apartamentos pequenos estão cada vez mais comuns. E com um preço menor, o proprietário investidor consegue adquirir uma maior quantidade de bens.

 

Além de tudo isso, condomínio barato e vaga de garagem também ajudam a ter mais liquidez na locação. E o valor do aluguel é corrigido anualmente pelo IGP-M, o que ajuda o seu rendimento a não ser corroído pela inflação.

Fonte de Pesquisa: E agora, Raquel?

 

 

Como ampliar ambientes com uso de espelhos

 

Se sentir apertado ou com pouco espaço são sentimentos comuns, já que vivemos cada vez mais em espaços menores, seja em casa ou no ambiente de trabalho. Como podemos minimizar essa sensação? Com o uso de espelhos! Colocados em pontos estratégicos, eles podem transformar completamente sua casa, dando uma ideia de amplitude e trazendo conforto para os espaços.


Primeiramente vamos pensar na iluminação. Levando em consideração que o reflexo da luz deixa o ambiente mais aconchegante e bonito, podemos utilizar os espelhos como refletores de luz natural, analisando sua posição para que em nenhum momento do dia reflita a luz direta do sol, o que pode ser incômodo. Os melhores pontos são sempre próximos a portas ou janelas, em uma altura confortável para não refletir diretamente essa luminosidade solar no ambiente, mas que ainda consiga criar o clima agradável e confortável.
Devemos considerar também o que este espelho irá refletir. Faz sentido que aquela cena X do meu espaço seja reproduzida? Existe uma composição interessante? Bom, não tem muito nexo em refletir sua lavanderia ou a entrada do seu banheiro, não é mesmo?! Além disso, devemos pensar com cuidado seu uso em salas com televisão ou salas de estudo, pois pode trazer um desconforto quando queremos prestar atenção.


Com relação aos tamanhos, é ideal que sejam compatíveis com o seu espaço: para ambientes amplos, espelhos grandes! Independentemente do tamanho do seu imóvel, sempre teremos cômodos mais amplos – como, por exemplo, salas e cozinha – e é neles que podemos abusar dos grandes espelhos. Por exemplo, utilizar um espelho de grande escala ou de parede inteira em uma sala de jantar pode aumentar muito o espaço visualmente, e como consequência o deixa muito mais aconchegante.
Já ambientes menores não exigem que você faça o uso de grandes espelhos para trazer a sensação de amplitude, como em lavabos, banheiros ou dormitórios. Posicionando móveis com superfícies espelhadas, usando alguns espelhos pequenos ou médios lado a lado podem resolver a sensação de aperto.


Espelhos bem utilizados que se encaixam bem no seu ambiente podem trazer inúmeros benefícios. A regra principal é testar e planejar, evitando excessos: tudo que for bem planejado e em quantidade correta traz o benefício que você busca.

Então, gostou das nossas dicas? Entre la no:  http://www.uzziarquitetura.com.br

Confira outros conteúdos também em: https://www.dimensaoimoveis.com Continue reading “Como ampliar ambientes com uso de espelhos”

6 dicas para proprietários: como alugar um imóvel rápido

Quem investiu em um bem pra alugar, sabe, melhor do que ninguém, que imóvel parado é dinheiro que não entra. E além de não poder contar com a grana extra da locação todo mês, tem os pepinos das taxas de condomínio e de IPTU que dificultam, consideravelmente, o rápido retorno do alto valor investido.
Por isso, na hora de um aperto desses, saber como alugar um imóvel rápido pode ser a chave pra fechar um bom negócio e ver a placa de “aluga-se” indo de mala e cuida pra outro endereço.

 

Como alugar um imóvel rápido

Muitas imobiliárias com muitas opçõescrise financeira no país, prováveis locadores cada vez mais exigentes e a dificuldade pra  encontrar fiador de imóveis são alguns dos motivos que podem estar adiando o momento de glória dos proprietários. Por isso, dar atenção aos reparos, pensar quando é um bom momento pra anunciar, ter cuidado com o que será fotografado e definir um preço compatível com o imóvel são pontos superimportantes que quem quer saber como alugar imóvel rápido não pode deixar de conhecer.

 

1. Mantenha o imóvel conservado

Quem está em busca de um endereço pra alugar, sonha com muito mais do que somente um teto pra morar. Sonha com o lugar que vai ser a primeira casa a dois, a casa que vai receber os filhos ou o apê que é perto de tudo e vai facilitar a ida até a aula, por exemplo. Então, investir em reparosapresentar tudo limpo, gastar um tempinho cortando a grama e tirando a sujeira da piscina valoriza um imóvel em muitos porcento.

 

2. Seja estratégico

Definir o momento ideal pra iniciar e reforçar o anúncio é uma excelente estratégia pra encontrar logo um novo inquilino. Normalmente, os meses de dezembro, janeiro, fevereiro e março são os que mais movimentam as locações, pois os estudantes e funcionários transferidos de cidade precisam correr atrás de um lugar pra morar antes que o ano comece de fato.

 

3. Cuide das fotos anunciadas

Invertendo o ditado, o que os olhos veem, o coração sente, sim! Por isso, é imprescindível separar o que deve aparecer nas fotos anunciadas do que pode ficar escondidinho. Principalmente no caso de um imóvel que está ocupado, mas em breve ficará disponível, porta-retratos com fotos pessoais, itens de higiene, materiais de limpeza, calçados e roupas são alguns dos objetos que podem desvalorizar as fotos, dando a impressão de bagunça, além de expor os atuais moradores.

 

4. Seja justo no preço

Imóveis com valor de aluguel incompatível com a realidade do mercado ou com a qualidade do que é oferecido tendem a ficar parados. E desconhecemos proprietários queiram isso, viu?
Pra definir o preço ideal da locação, a melhor opção e contratar um profissional adequado pra definir um preço que agrade todos: um aluguel bom pro locatário e suficiente pro locador.

 

5. Tenha flexibilidade nas garantias

Pra quem precisa locar mais do que de pressa, seja proprietário ou inquilino, receber ou oferecer alternativas de garantias locatícias vai facilitar todo o processo.

 

6. Conte com uma imobiliária

Assim como quem quer vender um imóvel rápido, quem aluga pode pensar que contratar uma imobiliária significa perda de tempo e de dinheiro. No entanto, contar com o auxílio de uma imobiliária especializada em negociações imobiliárias, que conhece todas as tarifas do setor e é preparada pra providenciar um bom contrato vai oferecer muito mais segurança durante a negociação e evitar futuros problemas.

 

 

Com tantas possibilidades e facilidades disponíveis pra quem está em busca de um endereço pra locar, ter em mente essas dicas de como alugar um imóvel rápido é uma forma de ganhar destaque no meio de tantas opções.

Vamos colocar isso em prática juntos!? Então conheça todos os nossos diferenciais de locação e anuncie  aqui na https://dimensaoimoveis.com

FONTE: Imobiliária Taperinha

 

 

 

Copyright © - Todos os direitos reservados.